Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

[mc4wp_form id="6"]

Base fluida VULT

By Posted on 0 4 leu 191 visualizações

Que a VULT é uma das minhas marcas nacionais favoritas não é segredo para ninguém né? Já faz um tempinho que foi lançada essa base fluida, que promete um toque aveludado e efeito óptico, mas só agora recebi e é claro que eu já corri para testar e poder contar para vocês qual foi a minha experiência. Ao todo, são 7 cores (uma gama ainda baixa, tendo em vista nossa variação de tons de pele), mas eu só recebi apenas 4 (cor 1 , 2, 3 e 4).

A embalagem é um charme, em conta-gotas, bem vedada e de plástico. Minha única reclamação é a falta de um demonstrativo de tonalidade – por ser um tubinho todo preto fica complicado de saber qual cor é – e tem mais um agravante: o nome da cor que vem descrito no produto é daqueles em alto relevo (muito famoso pelo O Boticário), o que eu acho péssimo, já que você precisa forçar a vista para identificar a numeração. Acho que a Vult poderia manter sua característica como nas outras bases que sempre vem com uma tarja com a cor.

A cor que mais se adaptou para mim é a número 3. Eu diria que ela é um tom neutro, porém puxando mais para o rosado. Fiquei meio passada com esse fato pois normalmente eu opto por bases de fundo amarelados… No entanto, essa número 3 super serviu para mim.

Olhando assim nem parece que ela fica meio rosada né? Mas quando ela oxida, o fundinho aparece. É algo muito sutil – e eu acredito que por isso eu consiga usar tranquilamente.

Sobre cobertura:

Bem.. o que esperar de uma base conta-gotas com a textura ultra fluída? É claro que ela nunca vai prometer alta cobertura. Ela é super líquida, do tipo que escorre mesmo e você precisa até ter um certo cuidado na hora da aplicação para não fazer lambança. Por ter essa característica, e levando em conta o resultado que ela promoveu na minha pele, eu diria que ela entregou uma cobertura de leve para média.

Ela é do tipo que aceita camadas, e se você insistir na aplicação, poderá chegar numa cobertura média. O acabamento é acetinado, deixa um leve viço na pele e o resultado é uma pele super natural, macia e uniforme.

Sobre a durabilidade:

Taí um quesito que ela deixou muito a desejar, na minha opinião. Ao menos em mim, ela não resiste nada! Aliás, já na aplicação eu sinto que ela é do tipo de base que não fica 100% sequinha. Eu preciso selar com pó (no entanto, isso não tem sido problema para mim ultimamente). Ela transfere, e ao longo do tempo ela infelizmente vai abrindo em determinadas regiões, como ao redor do nariz, boca e testa (normalmente nos pontos de mais oleosidade). Testei com e sem primer, e nas duas vezes, ela deixou a desejar.

Fiquei até surpresa, tendo em vista que tanto a base matte como a HD da marca, super resistem na minha pele. Fiquei um tanto quanto chateada com a performance dessa base.

Aí estão as 4 tonalidades que recebi. De todas elas, a número 2 é a que mais tem um fundo neutro e eu acredito que possa alcançar um maior número de pessoas de pele clara. Eu também conseguiria usar essa tonalidade, apesar dela ficar um tantinho só mais clara que o meu tom de pele.

Preciso ressaltar, que não há tonalidade suficiente para todos os tons de pele brasileira. Muita gente vai ficar de fora… principalmente as negras. Fica a dica para a marca trazer ao menos o mesmo número de cores da base matte. Acredito que atenderia muito mais consumidores.

Quanto custa essa base? Em média R$30 e vocês encontram com facilidade os produtos da Vult em farmácias e lojas como Renner, Riachuelo e etc.

Se eu acho que vale a pena o investimento? Então… sinceramente falando, não sei galera! De repente se você tem a pele seca ou normal, se adapte melhor com essa base. Já as pessoas de pele mista e oleosa, acredito que não vá aprovar pela questão da baixa durabilidade e por não ficar sequinha.

Não se trata de um produto ruim. A cobertura é boa, ela deixa um aspecto bonito na pele – natural e saudável. Coberto na medida certa para quem tem poucas imperfeições e busca por bases mais leves. Se for para usar no dia a dia, em regiões que não sejam extremamente quentes e se o seu tipo de pele for de normal a seca, pode investir que você dificilmente irá se arrepender.

Obrigada por estar aqui!

Compartilhe este artigo

O que você acha disto?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem comentários